Termografia com infravermelho, entre os componentes normalmente inspecionados em edifícios estão paredes, telhados, janelas, portas, sistemas de calefação/ventilação/ar condicionado, isolamento e aquecimento do chão . Os motivos frequentes para pontos quentes ou desvios são isolamentos incorretamente instalados ou ausentes, inspeções de telhado ( vazamento faz com que a água penetre o isolamento), avaliação de construção, vazamentos de ar, umidade, danos ao isolamento e aos materiais de construção, detecção de mofo, pontes térmicas em juntas entre paredes, perda de calor por causa de vedações danificada em janelas de várias aberturas e danos em dutos de aquecimento/vazamentos em linhas de vapor subterrâneas.

Termografia em edifícios é na PerCon

Termografia com infravermelho em inspeções de edifícios

Termografia com infravermelho – Diagnóstico de construções

O procedimento de diagnóstico primário para determinar o desempenho térmico do envelope de um edifício é a termografia infravermelha. Ela pode ser usada para identificar perdas de aquecimento por causa de problemas na construção, isolamento ausente ou inadequado e invasão de umidade. A correção de defeitos tem um papel importante no aumento da eficiência do edifício e em sua integridade estrutural. A termografia pode identificar as variações da temperatura da superfície do envelope do edifício, que está relacionada a problemas na estrutura, pontes térmicas, conteúdo de umidade e vazamento de ar. Dois mecanismos primários para a perda de calor em edifícios são a condução pelas paredes e o vazamento de ar. Ambos podem ser identificados na superfície do edifício com a termografia infravermelha. É possível realizar a correção antecipada das falhas identificadas antes que ocorram grandes danos .

Construção de edifícil é na PerCon

Os problemas identificados como perdas condutivas são: isolação ausente, incorretamente instalada ou isolamento comprimido, encolhimento ou assentamento de vários materiais isolamentos; pontes térmicas excessivas nas juntas entre as paredes e nas chapas superior e inferior; danos de umidade ao isolamento e aos materiais de construção; perda de calor por janelas de diversas aberturas com uma vedação quebrada; vazamentos em tubos de água; danos nos dutos de calor; localização ou vazamento em linhas de vapor subterrâneas, linhas de água ou sistemas de irrigação subterrâneos etc.

O vazamento de ar é a passagem de ar pelo envelope de um edifício, parede, janela, junta etc. O vazamento para a parte interna é conhecido como infiltração e o vazamento para a parte externa é conhecido como exfiltração. Movimentos excessivos do ar reduz significativamente a integridade térmica e o desempenho do envelope e é, portanto, um grande contribuinte do consumo de energia de um edifício. Além da perda de energia causada pelo vazamento excessivo do ar, isso pode causar condensação dentro e fora das paredes. Isso pode criar diversos problemas; reduzir o valor R do isolamento, danificar o isolamento permanentemente e degradar seriamente os materiais. Pode apodrecer madeira, corroer metais, manchar superfícies de tijolo ou concreto, e, em casos extremos, fazer com que o concreto rache, que os tijolos se separem e que seções de uma parede caiam, colocando a segurança dos ocupantes em risco. Pode corroer aço estrutural, rebarbas e ganchos e parafusos de metal, causando sérios problemas de segurança e manutenção. O acúmulo de umidade nos materiais de construção pode causar a formação de mofo que possa exigir reparos excessivos.

Em virtualmente qualquer lugar do envelope do edifício onde haja uma junta ou abertura, há a possibilidade de vazamento de ar. Com o uso dos termógrafos IR-InSight ou FlexCam S, é possível identificar as irregularidades térmicas no envelope do edifício e o padrão térmico indicando problemas com o isolamento, vazamentos de ar ou problemas na estrutura do edifício.

 

Termografia com infravermelho – Telhados

As membranas de telhados planos são as barreiras à prova de água entre os elementos externos e o interior dos edifícios. Elas existem em uma grande variedade de materiais e designs. Elas devem poder ser expandidas e contraídas, resistir a ventos fortes e aos efeitos da radiação solar e do tráfego de pedestres. É fácil ver por que os telhados vazam. As membranas de telhados planos são as barreiras à prova de água entre os elementos externos e o interior dos edifícios. Elas existem em uma grande variedade de materiais e designs. Elas devem poder ser expandidas e contraídas, resistir a ventos fortes e aos efeitos da radiação solar e do tráfego de pedestres.  Normalmente, há pouca ou nenhuma água em um telhado plano. Quando há um vazamento, a água entra e, dependendo do tipo de sistema de isolamento, ela é absorvida pelo isolamento ou corre até as aberturas entre o isolamento não absorvente. Quando a água entra no telhado, ela permanece lá por um longo período, às vezes durante toda a vida útil do telhado.

Inspeção termograficas é PerCon

A capacitância térmica é a propriedade física da capacidade que um material tem de absorver e armazenar calor. Os materiais da construção de um telhado têm a capacitância térmica relativamente baixa, especialmente em comparação com a água. A água exige muita energia para aumentar sua temperatura e deve liberar muita energia para resfriar.
A física usada para as inspeções térmicas de telhados é que o isolamento de telhados secos aquece e resfria mais rápido do que o isolamento de telhados molhados. A inspeção infravermelha vai além de simplesmente localizar um vazamento pela quantidade da invasão da umidade no isolamento. Para fazer isso, precisamos do aquecimento solar de um dia de sol. À noite, após o pôr do sol, quando o telhado começar a resfriar, o isolamento do telhado seco resfria mais rapidamente do que o isolamento de telhados molhados. Essa diferença de temperatura pode ser detectada pelo IR-InSight® e FlexCam® S.
As inspeções infravermelhas devem ser feitas nas condições certas para obter as melhores imagens infravermelhas. Precisamos de temperaturas diferentes entre o dia e a noite

 

Termografia com infravermelho – .Mofo e Umidade

O mofo existia em nosso ambiente muito antes de percebermos sua presença em casas e empresas. O impacto do mofo na saúde depende da concentração de esporos na área imediata e do efeito alérgico em um indivíduo. Problemas de saúde em potencial associados ao mofo podem ser reações alérgicas ou asma. O problema não se limita às casas. Edifícios comerciais com acúmulo de umidade por causa de condensação ou vazamentos são candidatos para o crescimento de mofo. O tópico do mofo atingiu proporções tais que o congresso apresentou uma lei intitulada “United States Toxic Mold Safety and Protection Act of 2002” também conhecida como a “lei de Melina”.

Clique para conhecer soluções para medidas de temperatura

 

Clique e conheça alternativas de pirômetros para a sua necessidade

Clique e saiba mais sobre câmeras termográficas

 

Termografia com infravermelho em inspeções em edifícios é na PerCon

Termografia com infravermelho em inspeções em edifícios e outras soluções da Fluke podem ser encontradas na PerCon Tecnologia que atua como canal de distribuição de produtos de teste e medição dos melhores fabricantes mundiais e é sediada na Rua Dias da Cruz 188 – Sub solo – Méier (percon@acessopercon.com.br) / Fone : 21-2596-8369

Clique para obter informação adicional

Termografia com infravermelho