Vaso de pressão, são dispositivos presentes nas indústrias química, petroquímica e de energia que frequentemente operam reservatórios críticos a altas temperatura e pressão, o que as coloca em risco de falhas com a degradação de junções e refratários.

A medição precisa de temperatura tem sido sempre uma das coisas mais importantes e difíceis de fazer no monitoramento da segurança de vasos de pressão críticos em refinarias e em outras plantas industriais.

Temperaturas extremas e gradientes de temperatura não uniformes impossibilitam aos métodos tradicionais de medição de temperatura monitorar cada ponto crítico ou obter dados completos de temperatura.

A falta da detecção precoce e precisa de mudanças na temperatura aumenta a probabilidade de problemas relacionados com as falhas, os quais ocasionam problemas de segurança e confiabilidade. As consequências de falhas não detectadas podem ser muito sérias e acarretar riscos extremos de segurança se um vaso de pressão não é monitorado adequadamente.

Uma ruptura em reatores químicos, tanques de armazenamento e sistemas de tubulação podem levar a perdas de vidas, de produtos e de capacidade. Tudo isso requer técnicas de monitoramento sofisticadas para identificar temperaturas irregulares e tendências que antecedem problemas inseguros e custosos.

Vaso de pressão

 

Vaso de pressão

Vaso de pressão com monitoramento e detecção precoce de pontos quentes com imagem termográfica

Durante muito tempo, os sistemas de termopares e sensores de fibra óptica têm sido vistos como a solução tradicional para medição de temperatura em aplicações críticas de monitoramento de vasos de pressão. Mesmo assim, esses sensores podem ser pouco confiáveis e custosos demais para serem instalados e operados. Esses tipicamente utilizam redes cabeadas ou de fibra óptica e utilizar sensores pontuais que somente monitoram a temperatura de pontos discretos na parte externa do vaso de pressão. Isso pode resultar em medições imprecisas devido a gradientes de temperatura superficial.

Adicionalmente, falhas dos termopares deixam furos perigosos em esquemas de monitoramento geral até que um reparo ou uma troca possa ser realizada. É claro, pontos faltantes no esquema de monitoramento colocam em risco o vaso de pressão crítico, a planta e os trabalhadores, quando pontos quentes inesperados aparecem.

Sistemas inovadores de imagem termográfica, porém, têm demonstrado como a termografia radiométrica tem evoluído até chegar a ser uma alternativa de custo competitiva. A natureza de “não contato” da imagem termográfica é mais robusta, mais confiável, e mais fácil de manter. É também mais moderna e com maiores vantagens tecnológicas como visores gráficos, capacidade de levar registros e tendências históricas e fácil integração com sistemas SCADA.

Imagem termica de um vaso de pressão

Um das tendências atuais que está fazendo sucesso nos setores químico, de energia e refinaria é a proliferação de câmeras de imagem termográfica para monitoramento de vasos de pressão críticos. Esses aparelhos permitem aos operadores de vasos de alta pressão e temperatura observar, em cores, o comportamento térmico em tempo real do equipamento. Essa visão não é possível para sistemas de fibra óptica, o que dá à imagem termográfica infravermelha uma grande vantagem quando se trata de detecção precoce de possíveis falhas.

Os sistemas de imagem termográfica vão além, provendo mais detalhe ao perfil térmico do vaso; salientando os potenciais perigos. Com um sistema de câmeras infravermelhas monitorando constantemente todo o ambiente, é menos provável que um problema potencial não seja observado.

Imagem do esquema CVM

Monitoramento de vasos de pressão com o sistema e seus benefícios

  • Detecção automática de falhas para monitoramento de vasos de pressão críticos
  • Tecnologia comprovada do líder em sistemas de imagens térmicas
  • Software amigável com análise automática
  • Fácil integração com o DCS da planta
  • Para áreas perigosas (ATEX)
  • Benefícios
  • Melhor tempo de resposta do alarme para reduzir riscos e emergências
  • Habilidades preditivas melhoradas reduzem faltas de energia não planejadas
  • Disponibilidade de informações melhorada com rastreamento automático de “hot spot”
  • Instalação rentável

Clique na nota de aplicação do sistema de monitoramento de vasos críticos

 

Camera termica ThermaSpection CVM

Câmera termográfica ThermalSpection™ CVM

Clique no datasheet do ThermalSpection CVM

Imagem softaware lumaspec rt

Software para monitoramento de vasos de pressão LumaSpec™ RT

Clique na literatura do software LumaSpec RT

 

Clique e conheça alternativas de pirômetros para a sua necessidade

Clique e saiba mais sobre câmeras termográficas

 

Vaso de pressão crítico, monitoramento é na PerCon

Vasos de pressão críticos, monitoramento pode ser encontrado na PerCon Tecnologia sediada na Rua Dias da Cruz 188 – Sub solo – Méier (percon@acessopercon.com.br) / Fone : 21-2596-8369

Clique para obter informação adicional

Iluminação pública é na PerCon