Segurança intrínseca significa que uma peça de equipamento, sob quaisquer condições de utilização, é incapaz de liberar energia elétrica ou térmica que possa provocar uma falha de ignição em qualquer tipo de mistura de gases perigosos que a rodeiam.

Segurança intrinseca é na PerCon

Um método de proteção empregado em atmosferas potencialmente explosivas. As ferramentas IS certificadas são projetadas para evitar a liberação de energia suficiente para causar a ignição de materiais inflamáveis. Os padrões de IS se aplicam a todos os equipamentos que podem criar uma ou mais variações de fontes definidas de possível explosão.

  • Centelhas elétricas
  • Arcos elétricos
  • Chamas
  • Superfícies quentes
  • Eletricidade estática
  • Radiação eletromagnética
  • Reações químicas
  • Impacto mecânico
  • Fricção mecânica
  • Ignição de compressão
  • Energia acústica
  • Radiação de ionização

 

Para quais setores os produtos intrinsecamente seguros foram projetados?
  • Petroquímico
  • Plataformas e refinarias de óleo
  • Farmacêutico
  • Encanamentos
  • Qualquer ambiente em que gases ou vapores explosivos possam estar presentes

 

Os Três Principais Elementos da Combustão são:
  • Material inflamável (gases, partículas/poeira)
  • Oxigênio/ar
  • Fonte de ignição

Essa combinação é muito comum em setores químicos, petroquímicos e farmacêuticos. Os exemplos da quantidade de material inflamável necessário para ignição abaixo mostram como é necessário pouca quantidade para oferecer perigo aos funcionários.

Substância Limite de explosão inferior (Volume %)
Acetileno 2.3
Etileno 2.3
Gasolina ~0.6
Benzol 1.2
Gás natural 4.0(7.0)
Óleo/diesel combustível ~0.6
Metano 4.4
Propano 1.7
Bissulfeto de carbono 0.6
Hidrogênio 4.0

 

Quais são os Regulamentos e as Diretrizes?
 Atex é na PerCon ATEX (Europa)

A Diretiva 94/9/EC da União Européia, normalmente chamada de ATEX (“Atmospheres Explosibles”) é a principal regulamentação da Europa para sistemas e equipamentos de proteção destinados ao uso em atmosferas potencialmente explosivas. Criada para funcionar como uma diretiva de harmonização total, estabelecendo os requisitos de saúde e segurança fundamentais, e para substituir a legislação divergente existente nacional e européia.

Essa diretiva se tornou obrigatória em equipamentos elétricos e eletrônicos para uso em ambientes sujeitos a perigo de explosão vendidos na UE em 1 de julho de 2003.

Diretivas derivadas da ATEX estão sendo adotadas em todo o mundo.

 Nec é na PerCon NEC (Estados Unidos)

O NEC (National Electrical Code) é a base de todos os códigos elétricos nos Estados Unidos. Classificações e marketings relacionados do produto para áreas de perigo são tratadas no NEC 500 e 505. Interpretações do NEC 500, uma regulamentação antiga, são utilizadas em todo o mundo (fora da Europa). O NEC 505 é semelhante à ATEX.

 

Grupos de credenciamento, Exemplos
 Factory mutual é na PerCon Factory Mutual

A Pesquisa da Factory Mutual Research, gerenciada pela Factory Mutual (FM) Global, possui diretrizes de certificação definidas para os equipamentos usados em atmosferas potencialmente explosivas.

 Canadian Standard Association é na PerCon Canadian Standards Association (CSA)

Grupo de credenciamento das regulamentações norte-americanas com base em Toronto, Canadá.

  ZELM

Grupo de credenciamento da ATEC européia localizado na Alemanha.

  KEMA

Grupo de credenciamento da ATEX européia localizado na Holanda.

 

Compreensão dos sistemas de classificação do produto »
Cada dispositivo intrinsecamente seguro aprovado é classificado de acordo com a ATEX ou com os Padrões do NEC ou da Factory Manual. O sistema de classificação correspondente permite que você compreenda as zonas, o tipo de proteção, os grupos de gás e as classes de temperatura para as quais o instrumento é aprovado.

Exemplo: O Fluke 707ex está em conformidade com a ATEX II 2 G Ex ia IIC T4

 

 Atex é na PerCon A marca de análise da ATEX. Essa marca é exigida em todos os dispositivos para uso em áreas de perigo européias.
II 2 G A classificação das zonas. “II” indica que a ferramenta foi aprovada para todas as áreas sem minas. “2” representa a categoria do dispositivo. Nesse caso, o dispositivo foi classificado para as segundas áreas mais perigosas da lista. “G” indica a atmosfera. Nesse caso, gás, vapores e névoa.
Ex Proteção contra explosão com base nas regulamentações Ex da Europa.
ia O tipo de proteção contra explosão, nesse caso, a energia em um dispositivo ou conector foi reduzida para um valor seguro.
IIC Grupo de Gás. A classificação “IIC” indica compatibilidade com os grupos de gás mais perigosos.
T4 A classe de temperatura é a temperatura máxima de uma superfície.
  Exemplo de classificação da Factory Mutual: Fluke 707ex é N.I. de classificação da FM Classe 1, Div. 2, Grupos A a D, T4.
 Factory mutual é na PerCon A marca de aprovação da Factory Mutual.
N.I. Aparelhos que não causam ignição, energia interna limitada para que uma atmosfera especificada não possa ser inflamada por seu uso.
Class I Para uso com gases, vapores e líquidos (e não poeira, fibras ou limalhas).
Div 2 Certificado para uso na Zona 2, atmosferas explosivas normalmente não presentes, pode existir raramente por uma duração curta.
Groups A-D Classificado para uso com gases explosivos como definido pelos grupos de A a D, incluindo acetileno, hidrogênio, acetileno e propano.

 

Clique e consulte sobre produtos para áreas classificadas Ex

Clique e saiba mais sobra área classificada Ex

 

IndSciIndustrial Scientifics

 

Segurança intrínseca é na PerCon

Segurança intrínseca em produtos de teste e medição podem ser encontrada na PerCon Tecnologia sediada na Rua Dias da Cruz 188 – Sub solo – Méier (percon@acessopercon.com.br) / Fone : 21-2596-8369

Clique para obter informação adicional