Fabricação de alumínio, neste processo a temperatura é um parâmetro muito. Seja extrusão, laminação, vazamento ou forja – apenas um controle preciso de temperatura assegura as propriedades materiais exigidas.

Para dar um exemplo: no processo de prensagem de extrusão, uma temperatura alta demais vai amolecer demais o perfil a ser conformado. O produto vai perder a forma desejada (produção de refugo). Usando uma temperatura baixa demais, o lingote de alumínio não vai ser mole o bastante para passar pela faca sem problemas (problemas de qualidade, rendimento reduzido). Além disso, um lingote rígido demais vai estragar a faca.

Em muitos locais de produção, a temperatura é medida apenas aleatoriamente usando termômetros de contato. Esse método não permite um monitoramento continuo e total da temperatura. Em contraste, a termometria sem contato é uma solução aperfeiçoada para medir o alumínio fundido, os produtos recém acabados e as peças quentes das máquinas.

Imagem fabricação de alumínio

 

Fabricação de alumínio, com medição de temperatura precisa

Fabricação de alumínio – Extrusão – Processamento de Alumínio

O processo de produção de perfis de extrusão de alumínio pode ser controlado completamente usando medição de temperatura sem contato. A qualidade do produto final pode ser melhorada dramaticamente pelo controle de temperatura.

Imagem da extrusão de alumínio

A extrusão é um processo no qual um tarugo de alumínio é pressionado em um dado por um carneiro. O dado determina a forma do fio extrudido. Usando este processo, tubos, fios, perfis sólidos ou ocos podem ser extrudados.

Este processo possui várias seções críticas que demandam monitoração de temperatura: Após o pré-aquecimento do tarugo, no processo de prensagem dos perfis e na seção de resfriamento dos produtos extrusados. Depois de trocar um dado, a temperatura também deve ser verificada.

Nossas soluções para controle de temperatura na extrusão de alumínio :

Os seguintes processos críticos de fabricação de alumínio podem ser controlados por pirômetros IMPAC:

– Medição de boleto

Para ser pressionado através do molde sem problemas, o tarugo deve ser pré-aquecido a uma temperatura entre 400 ° C e 500 ° C. A temperatura ideal de pré aquecimento é importante porque garante um processo de produção sólido e melhora a velocidade e o rendimento do processo.

A superfície do lingote se oxida de forma variável, a menos que seja desmembrada. O IS 12-Al fornece a medição de temperatura da maioria dos tarugos de alumínio quando os cuidados são tomados para minimizar os reflexos.

– Medição do perfil extrudido

Ao sair da matriz, o perfil de alumínio extrudido tem uma temperatura de cerca de 500 ° C. O processo de extrusão aquece o tarugo adicionalmente pela transformação plástica. Em geral, altas temperaturas aceleram o processo de produção. Mas se o material ficar muito quente, ele começa a derreter e perde sua forma e propriedades. Temperaturas muito baixas eventualmente podem danificar ou destruir o dado.

Usando pirometria sem contato nessas áreas de processo críticas, a produção pode ser monitorada extensivamente e controlada, respectivamente. Para a aplicação acima, a avaliação da temperatura do alumínio também é obtida usando o IS 12-Al. A estrutura da superfície neste ponto da produção é bastante constante e não requer o uso de um intensificador de emissividade.

A medição em si deve ser executada a partir do topo usando uma abertura dentro da ferramenta de extrusão ou diretamente após o perfil sair da matriz. Outra possibilidade é apontar para a mandíbula da prensa, visando o perfil de extrusão.

Para processos de múltiplas cadeias de extrusão paralelas com diferentes formas e posições ou mudança frequente da matriz e as respectivas geometrias de perfil, a LumaSense oferece o IMPAC IS 12-AI com um scanner integrado. Não é necessário que a unidade seja realinhada para cada nova forma de extrusão porque a saída é permanentemente “digitalizada” para detectar automaticamente os fios de produção.

– Perfil de alumínio (processo de têmpera)

Após a extrusão, o perfil produzido é resfriado. Para garantir uma alta qualidade consistente do produto final, a velocidade de resfriamento deve ser controlada.

Para monitorar a temperatura do fio, é usado um IGA 140/23 ou IPE 140 em combinação com um intensificador de emissividade. Medindo temperaturas de 5 e 50 ° C para cima, esses pirômetros são as unidades perfeitas para o processo de têmpera.

– Medição da temperatura do molde

Antes de instalar um novo chip, ele deve ser pré-aquecido à temperatura do tarugo. Se um boleto pré-aquecido atingir um molde frio, o choque de temperatura resultante causará problemas. Quando o topo do tarugo atinge o dado frio, ele esfria, fica mais duro e congestiona o processo de extrusão. Graças à medição de temperatura sem contato, a temperatura da matriz pode ser monitorada com facilidade e rapidez, o que evita problemas desde o início.

A matriz é feita de metal – o alvo ideal para pirômetros padrão de comprimento de onda curto. Para instalações fixas, recomenda-se os pirômetros digitais IGA 5 e IGA 6 Advanced. Alternativas flexíveis são os produtos portáteis, e. IGA 8 plus com visão através de lente ou o IGA 15 plus com luz de alvo laser.

Benefícios da solução da LumaSense

A LumaSense é sua parceira para todos os aspectos de medição de temperatura sem contato usando a tecnologia de infravermelho e oferecendo soluções de sistema, soluções do setor ou soluções personalizadas especiais que cobrem suas tarefas individuais. Nossos clientes se beneficiam de nossas experiências de longo prazo em tecnologia de pirômetro:

  • Mais altos padrões de qualidade
  • Análise de processos rápidos
  • Medição de objetos em movimento
  • Suporte a longo prazo para todos os produtos
  • Fácil de usar
  • Condicionamento de sinal digital completo
  • Protocolo de software aberto UPP® (integração no seu equipamento)

 

Fabricação de alumínio – Fusão / vazamento de alumínio

O único método de monitoração da temperatura para alumínio fundido é através da medição com pirômetros sem contato. A medição do ponto de fusão do alumínio no cadinho é de extrema importância. Para medições válidas, o alumínio líquido deve estar em movimento, caso contrário a película de óxido influenciaria o resultado da medição de uma maneira difícil de se prever.

Imagem fusão e vazamento de alumínio

A superfície do alumínio fundido em um forno de fundição é completamente oxidada em temperaturas por volta de 70°C. Mesmo “mexer” a massa fundida não vai impedir que a superfície oxide. Isso causa uma mudança significativa na radiação da superfície do alumínio fundido, que é impossível de ser compensada por um pirômetro infravermelho.

Contudo, é possível medir o alumínio fundido no vazamento durante o processo de vazamento. A escória é empurrada de volta por um forte fluxo de ar, gerando uma superfície quase livre de óxido, que pode ser medida.

Nossas soluções para controle de temperatura na fusão e vazamento do alumínio:

A medição do alumínio vazado só é possível ao usar a tecnologia de infravermelho sem contato. Devido ao rápido tempo de resposta do IS 12-AI, a temperatura do vazamento e a temperatura do alumínio no canal podem ser verificadas com precisão.

Benefícios da solução LumaSense

A LumaSense é sua parceira para todos os aspectos da medição de temperatura sem contato, usando tecnologia infravermelha e oferecendo soluções de sistema, de indústria, ou soluções especiais customizadas que abrangem suas tarefas individuais. Nossos clientes se beneficiam da nossa longa experiência em tecnologia de pirômetros:

  • Padrões da mais alta qualidade
  • Análises de processos rápidos
  • Medição de objetos em movimento
  • Suporte de longo prazo para todos os produtos
  • Facilidade de uso
  • Condicionamento digital completo
  • Protocolo de software aberto UPP* (integração com seu equipamento)

 

Fabricação de alumínio – Forjamento de alumínio

A monitoração durante o forjamento de alumínio fornece resultados úteis e facilmente repetíveis.

Também é possível a medição em peças semi acabadas, entre o pré aquecimento e a conformação no formato final, para um maior controle do processo.

Imagem forjamento de alumínio

Os processos de forja ou uma prensa de forja exigem medição de temperatura antes e depois do processo de conformação. Antes de forjar ou extrudar um lingote, a temperatura de pré aquecimento é de 500 °C a 550 °C. Depois do processo de conformação, a superfície do produto está livre de películas de óxido, o que garante condições de medição altamente reproduzíveis.

Nossas soluções para controle de temperatura  no forjamento:

Após a conformação, a superfície é clara e livre de película de óxido. A temperatura está perto dos 500 °C.

IS 12-Al

IS 12-Al/S

Medição de produtos semi acabados:

Medições depois o preaquecimento e antes a conformação são possíveis. Podem ser utilizados para o controle do processo.

IS 12-Al

Benefícios da solução LumaSense

A LumaSense é sua parceira para todos os aspectos da medição de temperatura sem contato, usando tecnologia infravermelha e oferecendo soluções de sistema, de indústria, ou soluções especiais customizadas que abrangem suas tarefas individuais. Nossos clientes se beneficiam da nossa longa experiência em tecnologia de pirômetros:

  • Padrões da mais alta qualidade
  • Análises de processos rápidos
  • Medição de objetos em movimento
  • Suporte de longo prazo para todos os produtos
  • Facilidade de uso
  • Condicionamento digital completo
  • Protocolo de software aberto UPP* (integração com seu equipamento)

 

Fabricação de alumínio – Laminação

Nas aplicações de perfilagem a frio e laminação a frio onde as temperaturas a serem medidas nas superfícies metálicas começam em temperatura ambiente, as medições de temperatura que usam sensores com contato são, com frequência, impossíveis.

Os usuários devem estar cientes, contudo, de que as superfícies metálicas sem cobertura e brilhantes têm uma emissão muito baixa, mas uma reflexão muito alta no espectro do infravermelho. É por isso que a medição de temperatura sem contato só é possível em condições controladas e exige os serviços de um consultor profissional.

A variação da temperatura durante a laminação do alumínio é grande, durante as várias etapas do processo. Diferentes pirômetros podem ser usados, dependendo da temperatura e da área de aplicação.

Imagem laminação do alumínio

A base de clientes que é suprida pelas usinas de laminação de alumínio consome uma variedade de produtos, tais como placas, lâminas e cintas, exigindo produtos da melhor qualidade. Para laminar produtos de grande variedade, a diferença decisiva é o controle da temperatura precisa. Se as temperaturas exigidas forem mantidas com precisão, a qualidade dos produtos pode ser garantida e os danos à laminadora serão evitados.

A laminação do alumínio resulta em temperaturas que são muito diversas. Num primeiro passo, o bloco a ser laminado é pré-aquecido a 200 °C. Entrando no laminador, o bloco de alumínio tem uma temperatura de cerca de 450 °C. Ao sair do laminador, a temperatura cai para menos de 100 °C.

Nossas soluções para controle de temperatura na laminação

Medição após preaquecimento:

Temperaturas de 200 °C aproximadamente

IGA 140/23

IPE 140

Medição no começo do laminador:

Temperaturas de 450 °C aproximadamente

IGA 140/23

IPE 140

IGAR 12-LO

Medição no final do laminador:

Temperaturas baixo os 100 °C

IGA 140/23

IPE 140

Benefícios da solução da LumaSense

  • Monitoramento de temperatura como processo continuo (começando em cerca de 20°C para metais brilhantes)
  • Documentação das temperaturas do processo/ferramentas
  • Controle em circuito fechado possível via medição de temperatura
  • Qualidade alta contínua do produto
  • Medições confiáveis de temperatura em partes móveis

Clique e conheça alternativas de pirômetros para a sua necessidade

Clique e saiba mais sobre câmeras termográficas


Fabricação de alumínio com medição de temperatura é na PerCon

Fabricação de alumínio com medição de temperatura pode ser encontrada na PerCon Tecnologia sediada na Rua Dias da Cruz 188 – Sub solo – Méier (percon@acessopercon.com.br) / Fone : 21-2596-8369

Clique para obter informação adicional

Iluminação pública é na PerCon